Leighton Meester no cinema!

Se você é fã da Leighton Meester, a Blair de Gossip Girl, e adoraria vê-la nas telonas… chegou a hora! O trailer do longa The Roommate foi divulgado, e dá pra ter uma ideia de como será o filme (clique aqui).

Em The Roommate, Leighton interpreta uma garota obcecada por sua colega de quarto, papel de Minka Kelly (500 dias com ela). O filme estreia dia 4 de fevereiro de 2011, lá nos Estados Unidos.

Fonte: Rolling Stone Brasil

Anúncios
Publicado em cinema | Marcado com , , | Deixe um comentário

Estréia da Coluna “Made In” apresenta: Ikimono Gakari, Made in Japan!

Galerê, estava sumida aqui do blog! Fim de período e principalmente reta final da faculdade, muitas coisas a serem feitas: principalmente TCC!

Mas, volto ao meu querido Focas trazendo novidades. Hoje a gente estréia a coluna “Made In”. Coluna Made in? Que isso?

Bom, vou explicar! Eu e Darshy escolhemos uma banda, cantor/cantora, filme, cineastra, livro… enfim, alguma coisa que a gente goste ou tenho descoberto de novidade e apresenta pra vocês! Principalmente, de países que a galera não conhece muito da cultura!

E pra estreiar a coluna hoje eu trago um pouco de algo que eu amo muito, e que me chama a atenção: Cultura Nipônica!

Não é, e nem nunca foi, segredo pra quem me conhece que sou amante/viciada em Anime e Manga! Sempre! Desde a época da extinta rede Manchete que exibia lá em 1992 grandes nomes do Anime mundial! Samurais Warriors, Shurato, Sailor Moon, Cavaleiros do Zodíaco, Yuyu-hakusho, quem nunca viu que atire a primeira pedra!

E outros vieram como Pokemon, Bakugan, Yuniasha, Sakura Cardcapitors, e o meu atual queridinho Naruto! E foi desse último que eu tirei a banda que ilustra a nossa coluna e visita o nosso café: Ikimono Gakari, uma banda de rock/pop japonesa!

Integrantes da banda japonesa "Ikimono Gakari".

A banda existe desde 1999, mas só tomou visibilidade na indústria fonográfica em 2003, quando fechou um contrato major com a Epic Records Japan, da Sony Music. Ela é formada por Yoshioka Kiyoe (vocal e letra), Yamashita Hotaka – conhecido como Hocchi – (guitarra, gaita, letra e composição) e  tem como líder Mizuno Yoshiki- conhecido como Yocchin – (guitarra, vocais, letras e composição). O nome da banda é meio tosko, mas não deixa de ser interessante. Você sabe o que é um Ikimono Gakari? É o nome que recebe no Japão os alunos que cuidam dos animais da sua classe. Não me pergunte porque lá os japoneses tem animaizinhos nas classes, pesquisei e não descobri! Mas, enfim Hotaka e Yoshiki eram juntos “ikimonos gakaris”.

O primeiro grande single da banda foi a música “Sakura” que foi lançado em março de 2006, a música fez tanto sucesso que se tornou tema de propaganda no Japão. O segundo single foi a música “Hanabi”, que foi lançada logo após o primeiro hit, a música foi usada como encerramento do anime “Bleach” ( aqui).

Os maiores sucessos atuais, pegam carona com o fenômeno que é Naruto no mundo todo. Eles encabeçam dois temas de abertura da fase Shippuden, da 3ª e da 5ª temporada, as músicas “Blue Bird” e “Hotaru no Hikari”, respectivamente. “Blue Bird” é a minha favorita e tem uma letra linda, além de ser um rock/pop muito suavizinho, vale a pena curtir a tradução aqui.

Bom, assistindo meus animes e procurando sobre as músicas que me agradavam fui descobrindo que o Japão produz uma música de qualidade, e nem sempre na língua mãe! As bandas de Pop e Rock são muito boas, e ao decorrer da coluna voltarei com um “Made in … Japan” mostrando um pouco desses sons bacanas que descobri e defedendo a cultura nipônica que acho super kawaii. Um site legal pra conhecer um pouco dessas bandas é o Naruto Project, que você pode baixar as músicas mp3 de abertura/encerramento do anime, aqui. Finalizo então deixando vocês uma das aberturas de Naruto Shippuden que toca “Hotaru no Hikari”.


Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

O Hobbit fica sem o diretor Guillermo Del Toro

Nesta segunda-feira, os fãs da saga O Senhor dos Anéis e do diretor Guillermo Del Toro ficaram mais tristes. Ele divulgou que abandonou o barco. Isso mesmo: Del Toro não vai mais dirigir O Hobbit, filme baseado no livro que precede a trilogia. O Hobbit, que será dividido em duas partes, tinha data de estreia prevista para 2011. Mas com os constantes atrasos para o início das filmagens, a primeira parte do longa deve estreiar só em dezembro de 2012. E é justamente por isso que Guillermo abandonou a direção do projeto.

Guillermo Del Toro abandonou a direção de O Hobbit

O diretor, famoso pelos filmes Hellboy, O Labirinto do Fauno e Hellboy 2 – O Exército Dourado, afirmou que continuará no roteiro ao lado do produtor Peter Jackson (responsável pela direção da trilogia O Senhor dos Anéis, King Kong e Um Olhar do Paraíso), o que deve durar mais alguns meses. Porém, com o roteiro finalizado, Del Toro deixará O Hobbit. O que é uma pena.


Via Adoro Cinema e Rolling Stone Brasil.

Publicado em cinema | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

A sortuda que cantou ao lado de Alanis

Não sou de assistir ao American Idol, por isso mesmo PERDI a aparição de Alanis Morissette na final do programa ontem. Ela apareceu no meio da apresentação da finalista Crystal Bowersox, que cantava “Ironic” – um dos maiores sucessos de Alanis -, e juntas cantaram “You Oughta Know”.

Devo dizer que essa garota é uma sortuda. Ela não venceu o programa (ficou em segundo lugar, perdendo para Lee Dewyze), mas para mim não há prêmio maior do que fazer um dueto com a diva Alanis Morissette. Bowersox com certeza nunca esquecerá esse momento.

Publicado em música, pop, rock | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Christina Aguilera retrocede

Christina Aguilera ainda nem lançou seu novo álbum, entitulado Bionic, e já decepcionou. O CD vazou na internet e,  sinceramente, eu esperava mais. O single “Bionic”, primeiro que ouvi, possui início e refrões a la Beyoncé e batidas que lembram Lady Gaga, e não há nada de novo ou surpreendente – eu diria agradável – em sua nova canção. Muitos yêyêyê’s desnecessários.

Capa do novo cd de Christina Aguilera, que será lançado dia 8 de junho.

É claro que não era tão difícil esperar algo assim de uma cantora como Aguilera, uma vez que em seu currículo musical encontramos o álbum Stripped, que se salva por algumas poucas canções – opinião pessoal, claro. Mas seu último trabalho, Back to Basics (lançado em 2006), mostra o verdadeiro potencial da cantora.

Com Back to Basics, influenciada pelo soul e pelo jazz, Christina Aguilera provou que não precisa se vestir semi-nua, beijar Madonna ou gravar músicas de “entretenimento”. Ela tem talento e uma das mais belas vozes do cenário musical mundial. Quando ouvi “Hurt”, um dos sucessos desse CD, os pelinhos do meu braço arrepiaram. E “Candyman” consegue divertir sem ser vulgar. E assim é com o resto do álbum. Christina não precisa parecer com Britney Spears para arrasar.

Mas foi exatamente o que ela fez. Tive esperanças de que o próximo trabalho dela fosse seguir o mesmo caminho e que ela deixaria de lado o rótulo de que uma boa música pop precisa ter batidas R&B e electro. Não estou dizendo que isto é ruim. Pelo contrário, até diverte. Lady Gaga, Britney Spears, Beyoncé… todas ótimas de se ouvir numa festinha da faculdade. Mas Aguilera tinha ido além, e conseguiu produzir música agradável de se ouvir em qualquer momento.

Aí chegamos a 2010, quando será lançado Bionic. Provavelmente será #1 em vários países, sensação em diversas boates. Ok, nada que as outras cantoras pop também não tenham conseguido. Mas será que é só isso mesmo, Christina, que você tem para mostrar? O que vale mais a pena, ser uma cantora muito bem reconhecida musicalmente, ter canções de qualidade e ainda liderar paradas de sucesso e vender muitos discos, ou apenas as duas últimas opções? Triste.

Em tempo: apesar de tudo, Bionic tem algo de bom. Ouçam “You lost me” e “Lift me up”.

A fraca “Bionic”:

Publicado em música, pop | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Trilha de ‘Prince of Persia’ tem música de Alanis

A cantora-diva-perfeita (considerando que todos sabem que sou apaixonada por ela!) Alanis Morissette apareceu na premiére de Prince of Persia, no último dia 17, arrasando. Com um modelito que mostra que ela já não tem nada de cantora jovem-pop há muito tempo (veja aqui), Alanis foi prestigiar o filme para o qual escreveu uma música especial. “I Remain” está na trilha sonora oficial do longa e toca nos créditos finais. Você pode ouvir aqui e baixar aqui.

Em entrevista, na mesma noite, Alanis revelou que pretende começar a escrever seu próximo álbum nesse verão (nosso inverno por aqui), além de um livro. Vamos aguardar!

Em tempo: Prince of Persia, estrelado por Jake Gyllenhaal, estreia dia 28 de maio nos cinemas. Bom, mesmo que o filme não seja lá essas coisas, vai valer a pena pelo menos pelos créditos finais 🙂

Jake Gyllenhaall em seu novo filme, Prince of Persia

Publicado em cinema, música, pop, rock | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

Deftones lança novo álbum

Sem gravar álbuns desde 2006, quando lançaram Saturday Night Wrist, o Deftones volta agora em 2010 com o novo CD Diamond Eyes. Como divulgou a Rolling Stone BR, as vendas do álbum foram antecipadas para o dia 04 de maio, 14 dias antes da data prevista. O clipe do primeiro single, “Rocket Skates”, foi lançado em março e mostra que o Deftones mantêm sua veia new metal, a guitarra pesada e os gritos marcantes de Chino Moreno, porém com um toque mais maduro.

Diamond Eyes é o primeiro CD que a banda grava sem o baixista Chi Cheng, que sofreu sérios danos após um acidente de carro em 2008. Sergio Vega o substituiu no baixo, mas isso não significa que o grupo esqueceu seu amigo e um dos principais integrantes. O Deftones promoveu várias homenagens a Cheng desde seu acidente, e uma delas resultou na canção “A song for Chi”, com a participação de bandas como Slipknot e Korn.

Chi Cheng na época em que tocava no Deftones

O clipe do segundo single de Diamond Eyes, que leva o mesmo nome do CD, foi lançado recentemente. A música segue o mesmo estilo de “Rocket Skates”, mantendo a banda em suas raízes.O Deftones disponibilizou 30 segundos de cada faixa (11 no total) no site we7 e o álbum está em pré-venda no iTunes.

Em tempo: se você não gosta do som pesado do Deftones, ouça os covers “Simple Man”, do Lynyrd Skynyrd, e “No Ordinary Love”, da Sade, e se apaixone:

Rocket Skates
Publicado em música, rock | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário